Cabeçalho Ads

Por Condições Financeira UTANGA de Viana Diz á Deus

A crise financeira provocou o
encerramento do pólo de
Viana da Universidade
Técnica de Angola (UTANGA).
Os estudantes vão ser
transferidos para o pólo
sedeado no município do
Kilamba Kiaxi. A instituição
tinha capacidade para
albergar mais de 2.500
estudantes.
A Universidade Técnica de
Angola (UTANGA) encerrou o
pólo de Viana, por não
renovar o contrato de
aluguer com a detentora do
espaço onde a instituição
está implantada .
A conjuntura económica que
assola o País é apontada pelo
vice-reitor da Universidade
Técnica de Angola, Francisco
Fernando, como a principal
causa do cancelamento do
contrato de arrendamento,
que vai até 2019.
"Poderíamos renovar o
contrato por mais cinco anos,
mas, infelizmente, a situação
financeira não nos permitiu
renovar o acordo com a
empresa que tutela o espaço
onde está a UTANGA. Por
este razão, encerramos o
pólo de Viana".
Quanto aos estudantes que
estão a terminar os estudos
no pólo de Viana, ou seja,
que estão a frequentar o 4º e
o 5º ano vão ser transferidos
para a UTANGA, no bairro
Capolo II, no município do
Kilamba Kiaxi. "Como já
prevíamos a situação,
imediatamente, cancelámos,
em 2016, os candidatos do 1º
ano para evitarmos um
excesso de estudantes a
serem transferidos ", realçou.
Apesar da situação, o vice-
reitor avançou que a
instituição já adquiriu um
espaço no município do Icolo
e Bengo para a construção de
mais um pólo, assim que a
situação económica permitir.
Embora a instituição tenha
garantido a colocação dos
estudantes que estejam a
fazer cadeiras em atraso no
pólo de Viana, os
universitários alegam que
não foram informados sobre
os procedimentos que irão
conduzir à transferência.

Sem comentários