Cabeçalho Ads

Bairro Papá simão Mulenvo 'Aviolação ate a morte vira uma fébre nas Mulhers '

Há menos de uma semana a
Angola-Online publicou a notícia
da violação e assassinato de duas
jovens, e o ferimento grave de
uma, até ao momento
hospitalizada.
A Angola-Online deslocou-se hoje,
ao bairro Papa Simão, onde é
visível a tristeza dos moradores
da zona que não conhecem o que
é o sossego no calar da noite, por
culpa dos marginais.
A zona sempre foi melindrosa,
segundo uma cidadã residente há
dez anos, nos últimos tempos se
tornou ainda mais com os vários
abusos sexuais e assassinatos, de
jovens mulheres principalmente.
“Aqui sempre teve bandidagem,
agora está pior, todas as semanas
matam e violam as mulheres, não
importa a idade. Quando toca 19
horas ninguém sai de casa. Os
nossos filhos não vão mais a escola
porque os delinquentes só estão a
matar”, conta a moradora em
anonimato.
Na terça e quinta-feira desta
semana, os delinquentes voltaram
a fazer vítimas, abusaram
sexualmente e mataram duas
jovens, violaram dois homens,
incluindo um agente da Polícia,
nas imediações da fábrica de
bloco, onde já tinham feito outras
vítimas.
Os delinquentes estão a estender a
acção criminosa no bairro vizinho,
onde também já fizeram vítimas
mortais, na noite de ontem, quinta-
feira, uma jovem foi abusada
sexualmente na terceira rua do seis,
de acordo os moradores.
Atendendo a criminalidade, alguns
efectivos da Polícia começaram a
patrulhar a área, mas não
impediram o assassinato de mais
uma jovem, de 22 anos. O corpo
foi encontrado numa obra
abandonada nesta manhã, de
sexta-feira, próximo de casa.

Sem comentários